sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru #04 e #05

Quem diria que teríamos novamente, depois de alguns anos, uma nova DOBRADINHA DE ESPORTES, hein? Dessa vez com um anime de arquearia e outro de corrida!

E se juntarmos GeGeGe no Kitarou, teremos os meus três animes favoritos do ano! Ou pelo menos os que eu mais estou hypando no momento!

O problema é: muitos nomes para decorar e pouca memória mental.
Tudo bem se continuarmos com os apelidos carinhosos? hohoho

Nos episódios anteriores... o Oni Terrorista correu atrás dos coleguinhas para que eles se dedicassem aos treinos. Além do típico terrorismo, ele aprendeu a lidar com alguns deles. Enquanto isso o nosso Kageyama das Corridas continua se sentindo um peixe fora d'água.

Você terá forças para manter sua forma corpórea e dar mais lições de moral em gente folgada, Príncipe dos Otakus?


Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru
4º episódio
Uma dica que vale para a vida. As opiniões das pessoas não devem influenciar em quem você é de verdade. Seja livre e viva do seu jeito!
Opinião: No final do episódio anterior, o nosso Kageyama das Corridas se deparou com um antigo pesadelo em forma de gente: Sasaki Sakaki.

Um ex-colega de Ensino Médio que participava do clube de atletismo e que hoje em dia está na Universidade de Esportes de Tóquio e se acha A ÚLTIMA BOMBA DE OVOMALTINE DA PADARIA!

Em comparações, ele é basicamente uma mistura de Midousuji com Tendou, só que com a voz do Yahaba.

Dá para gostar de um carinha nojento que nem esse? Não, eu sou incapaz de ter esse comportamento de Buda. Meu estilo é que nem o do Muhyo: mandar todo mundo que não presta para o inferno!

E dar umas risadinhas macabras depois.

Para que encher linguiça na introdução, leitor, se eu perdi o controle do dedo e andei printando demais? Bora comentar esses episódios que foram o SUCO DAS TRETAS E DO SURTO misturado com um pouco de creme de leite fresco de vacas dos alpes.

Tsurune: Kazemai Koukou Kyuudoubu - #01 e #02

Como este anime estreou no meio de outubro e o post de primeiras impressões saiu no comecinho do mês, avisei que Tsurune seguiria o modelo de post de Hakata Tonkotsu Ramens e Muhyo to Rouji no Mahouritsu Soudan Jimusho.

Tsurune: Kazemai Koukou Kyuudoubu conta a história de Minato Narumiya, um garoto que acabou de entrar no Ensino Médio e é bombardeado por chamados para entrar em algum clube. Lá ele reencontra velhos amigos e precisa mais uma vez dar de cara com um trauma que o persegue.

Quer dizer que só criança acredita em fantasmas, Masaki a.k.a. MEU MAIS NOVO HUSBANDO?


Tsurune: Kazemai Koukou Kyuudoubu
1º episódio
Era para ter imagem do protagonista? Era... MAS EU ARRANJEI UM HUSBANDO QUE TEM UMA LINDA CORUJA BRANCA DE ESTIMAÇÃO!
Opinião: EITA NÓS, SENHOR KYOTO ANIMATION, EITA NÓS!
O outro único anime que acompanhei, muito tortamente, desse estúdio foi Kyokai no Kanata, mas com uma enorme vontade de droppar. Foi basicamente sofrimento em cima de desgosto, uma desgraça.

Desde então olho com desconfiança para esse estúdio e chego a ter alergia de boa parte das coisas que eles lançam.

Eis que surgiu Tsurune na Temporada de Outubro, me fazendo repensar um pouco sobre A REAL IMPORTÂNCIA de um estúdio e do design dos personagens. Basicamente CAGUEI PARA AS DUAS COISAS e resolvi me deliciar com MAIS UM ANIME DE ESPORTE.

Está tudo errado, leitor?
Está tudo maravilhosamente errado.

Se você é novato, vou explicar: eu detesto animes de esportes.

E já cansei de enumerar os motivos, ainda que seja importante explicar em toda oportunidade nova que surge.

Algumas vezes a culpa é do esporte e na maioria é pela quantidade de informações dadas sobre o esporte. Além do que, NÃO SUPORTO essa historinha de poderzinho, acho cafona.

Isso até conhecer TRÊS OBRAS que dão um banho dentro da categoria, mostrando que anime de esporte pode ser sim interessante, explicar tudo sem ser insuportável e que possui personagens cativantes.

As três, e exatamente nesta ordem, são: Yowamushi Pedal (ciclismo), Haikyuu!! (vôlei) e Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (atletismo/corrida).

Desses, na vida real, eu só gosto mesmo de vôlei.

Dito isto, vamos passar para as minhas primeiras impressões sobre a série, minhas análises dos episódios e, claro, DUBLADOOOOOOOOOORES! POIS EU SOU A LOUCA DOS DUBLADORES JAPONESES! YAY!

Se segure, leitor, pois este texto vai ter mais referência que trabalho acadêmico

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Gegege no Kitarou (2018) - #09 e #10

OLHA SÓ QUEM VOLTOU PARA ALEGRAR NOSSA SEMANA?
Começamos com Kitarou na segunda e estamos encerrando na sexta-feira!
ISSO QUE EU CHAMO DE UMA SEMANA MARAVILHOSA!

Daí coisas aconteceram e o hiato interrompeu a dupla aparição dos youkais na mesma semana... Chateada.

Nos episódios anteriores... conhecemos um trem que passa fora do horário de funcionamento e que é melhor ficar esperto para não entrar, e descobrimos que esqueletos são sempre assustadores com o Gashadokuro.

Já ouviu falar em Direito Mágico, Hanako-san?


Gegege no Kitarou (2018)
9º episódio
Mal começou o feriado e NÓIS TÁ COMO, KITAROU? Do jeito que os vilões gostam: acabados!
EDITADO!!: Por conta do hiato do dia 14/11, este post não foi o ar no dia programado, mas aqui está ele para a sua alegria, leitor!!!

Opinião: Falaê, meu consagrado! Já pensou que hoje é um bom dia para você comentar neste lindo post e fazer um alarde gostoso sobre os meus dezesseis filhos adotivos... se você ainda não fez isso no post anterior?

Qual é, galera? Eu só quero um pouco de atenção...
Ou vão me dizer que não leem minhas análises de Kitarou?
Sério, quero saber quem dá visualização nesse blog, porque não sou eu (só leio meus posts no momento em que estou os escrevendo).

POIS É, LEITOR, SEGUNDO POST NA SEMANA do melhor anime sobrenatural que você verá em 2018 e tenho dito!

Neste nono episódio não tivemos Mana, porém, relembramos um pouco os embalos do Trem Fantasma do sétimo episódio!

Então aproveita, pega a sua carteira de trabalho, uma pipoca e um refri, porque vamos falar de REFORMA TRABALHISTA DOS KAPPAS!

E você aí pensando que youkai também não luta por melhores condições de trabalho, hein?

Muhyo to Rouji no Mahouritsu Soudan Jimusho #05 e #06

Imitando Magi, Muhyo?
Não, é a blogueira e 2018 não se entendendo até no final do ano...

Nos episódios anteriores... Muhyo e Rouji ajudam uma pianista talentosa, o que acaba lembrando o executor mágico de uma situação parecida no seu passado. Agora com Rouji indo prestar uma prova no Mundo do Direito Mágico, Muhyo talvez tenha que confrontar o passado novamente.

Algum dia vão te dar uma serventia melhor do que fruto de fanservice, Nana?


Muhyo to Rouji no Mahouritsu Soudan Jimusho
5º episódio
QUEM MAIS SE PARECE COM O EXECUTOR MÁGICO, LEVANTE A MÃO! o/
Opinião: A boa notícia é que faltam apenas TRÊS POSTS para que este anime termine no blog. A má é que a SEASON FINALE com os episódios 11 e 12 só chegará em 2019.

Enquanto o tempo continua dando um baile daqueles na blogueira que tenta a muito custo manter o cronograma nos trilhos, vamos falar sobre as novas propagandas da Crunchyroll.

Quem não é assinante tem a oportunidade de conhecer um pouco mais alguns animes que talvez não tenham recebido o devido destaque num primeiro olhar. Isso aconteceu comigo em Hakata Tonkotsu Ramens, que chegou a ter uma análise tardia, mas muito bem aproveitada neste blog.

Agora contamos com propagandas de Shingeki no Kyojin e Hataraku Saibou (Cells at Work pela Crunchyroll).

Duas séries também já analisadas.
Lembrando que Hataraku Saibou só não continuou na programação pela falta de competência e conhecimento da blogueira, além da impressão de que seria uma análise truncada.

Mesmo assim ALTAMENTE RECOMENDO A SÉRIE!
Pretendo dar uma maratonada quando chegar o recesso do blog!!!

Dito isto, vamos continuar com a história de Enchu, Yoichi e Muhyo!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Yowamushi Pedal: Glory Line #21 e #22

Você sabia que com este post temos DEZ análises dessa temporada de Pedal NAS SEGUNDAS-FEIRAS? Seguido por seis posts nas sextas-feiras e APENAS UM NA QUARTA-FEIRA, por acaso o 9º episódio!

Se tudo der certo, a quarta-feira pode ganhar mais um post e a sexta-feira também... Mas isso é nas próximas semanas.

E HOJE PROSSEGUIMOS COM A DOBRADINHA DAIKI YAMASHITA, mesmo sem a presença (física) do Onoda.

Nos episódios anteriores... o santo milagreiro do Sohoku subiu a moral de todo mundo ao acreditar na reunião do time e ainda conseguiu ser um ótimo assistente para o Imaizumi quando alcançaram o Naruko. Enquanto isso o Hakone passa por algumas dificuldades de comunicação.

Você nunca pensou na possibilidade de fazer terapia com o seu irmão, Yuuto?


Yowamushi Pedal: Glory Line
21º episódio
Pedindo com esses olhos, eu catava o lixo da região inteira e separava entre reciclável e orgânico...
Opinião: Então, né, queridos... Mais um hiato inesperado e mais uma programação precisando ser ajustada por conta das atrapalhadas horríveis do destino.

Eu assisti os episódios deste post lá pelo dia 11/11 e voltei para escrever só em 27/11, então imaginem como estou confusa, injuriada e ansiosa. Não, mentira, não imaginem, não quero esse tipo de dor para vocês.

AINDA BEM que tenho os prints para refrescar a minha memória e o TEXTO-RASCUNHO-REAÇÃO-SURTOS. Aliás, só um print não tinha o Yuuto. SÓ UM.
O RESTO TEM PARTICIPAÇÃO DA "BESTA VESPA DOS PICOS" ADOIDADAMENTE!

Acho que estava mesmo faltando esse tipo de dilema em Pedal: a pessoa que vive à sombra da outra.

A abordagem do tema é bastante interessante e acaba talvez amolecendo um pouco a raiva que a gente tem DA PESSOA QUE QUASE MATOU MEU MARIDO, SABE?

Com certeza já comentei antes sobre como esta temporada tornou o novo time do Hakone em um grupo mais carismático. Algo que também aconteceu com o time anterior na segunda temporada.

Porém, aqui a patota é muito mais desajustada e não tão popular entre os coleguinhas de escola, o que faz com que o público se identifique mais e acabe até virando um pouco a casaca (meu caso).

É, eu não sou a maior fã do Imaizumi, acontece...