segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Mahoutsukai no Yome #06 e #07

Provando que Mahoutsukai não é anime para aparecer UMA SÓ VEZ NO MÊS (continuo pedindo perdão pelo vacilo), aqui está mais um post das aventuras capiróticas do Tio Mago e Dona Chise.

No episódio anterior... descobrimos a origem da corrupção de Matthew e Mina, e que o Tio Mago e Chise terão que lidar com uma galera complicada e... UM VERMINHO DESGRAÇADO muito em breve. Essa é a realidade aqui.

Quer dizer que o kokoro dokidoka pelo Renfred, Alice?


Mahoutsukai no Yome
6º episódio
A menina consegue ver a inocência e encantamento de uma criança nos olhos do Tio Mago.
Opinião: Provando que o anime não quer que você o droppe simplesmente pelo conjunto de cenas grotescas do quinto episódio, ele resolve trazer algo para entreter sua mente e relaxar o seu espírito.

MAS NÃO SE ENGANE, LEITOR!
O "TIRO, PORRADA E BOMBA" VOLTA AINDA NESTE POST!

Não no nível tenebroso já citado, porém... Aqueles que forem muito ansiosos com certeza xingaram o estúdio e os pobres editores por terem encerrado o sexto episódio NUMA CENA DE BERRAR OS PULMÕES PARA FORA.

Enfim...
O título deste episódio é: "A Rainha das Fadas".

Enquanto Chise está purificando a corrupção, NOSSOS TRETENTOS ESTÃO TROCANDO FARPAS. Perfeito, já que Elias é conhecido como o "Mago dos Espinhos".

Desculpa por essa, leitor.
Mas como diria Mahmut Pasha: "DE ONDE VEIO ESSA, TEM MAIS"!

Sobre Renfred, diz o Tio Mago que da última vez que se encontraram ele tinha o braço esquerdo. Ainda sobre o tio das cicatrizes, ficamos sabendo que ele é um FAMOSO HATER DE MAGOS.

A pessoa é famosa por ODIAR MAGOS.

Renfred seria o Felipe Neto no começo do seu canal do YouTube?

Eu avisei que tinha mais.

E NÃO POSSO ESQUECER DESSE HATER quando ele reclama que UMA CRIATURA, que posteriormente nos conta que não é fada, não é espírito e muito menos humano, COMPROU UM SER HUMANO.

Tio Hater esquece que na História Mundial já existiu algo IGUALMENTE PERTURBADOR: SERES HUMANOS COMPRANDO OUTROS SERES HUMANOS!

Se bem que finalmente no próximo episódio dá para entender o pessoal comentando sobre a tal casca/face de gentileza que ele mantém e que parece obviamente não querer mostrar à Chise.

É algo que o Renfred comenta e o Oberon reforça aqui.
O sujo falando do mal lavado. E TU É UMA PESSOA MUITO DO BEM, NÉ?
No caso do Rei das Fadas achei a cena um tanto forçada, aliás, Mahoutsukai está demonstrando problema em apresentar informações importantes na história.

Sabe provocação barata que é só para causar alguma comoção? Pois bem, o anime tem errado a mão no uso dos clichês.

Mesmo tendo um plot que conta com uma criatura não-humana e uma mulher humana, que é um clichê, ele sabe tornar essa apresentação um pouco mais autêntica e usar uma abordagem que não gera aquele cansaço mental de "ah, é sério?".

Não sei se foi a interpretação do Kappei Yamaguchi que não soou boa, se no mangá a coisa foi jogada assim mesmo ou se o estúdio não conseguiu adaptar a cena direito.

O que eu sei é que essa informação de que Elias mantém uma forma mais ou menos humana e se comporta razoavelmente como um, deveria mesmo criar um contraste com a sua "natureza" menos simpática.

E essa última parte é chute, porque o anime começou agora e eu não conheço previamente a história, então é claro que não posso dar certezas.

O que está na minha alçada é comparar em parte Mahoutsukai no Yome com A Bela e a Fera (Disney), que tem duas grandes semelhanças: personagem masculino principal representado como uma criatura não-humana que age como um ser humano e a relação dele com uma personagem feminina humana.

Já comentei isso anteriormente, porém, como citei esse filme da Disney talvez seja importante reforçar. O história original de A Bela e a Fera retrataria a relação abusiva entre um casal. 

E sem precisar ir tão longe, temos Gael (Sérgio Guizé) e Clara (Bianca Bin) de O Outro Lado do Paraíso (Globo) que mostraram bem esse tipo de relação na primeira fase da novela.

A Clara acreditava que aquele homem que ela tinha conhecido e a tratava com tanto amor era um príncipe, até descobrir no dia do casamento que com a bebida ele mudava daquele homem amoroso para um agressor.

Posteriormente ele vai demonstrando um comportamento possessivo e ciumento, chegando a gritar e agredir fisicamente a esposa por causa disso.

Eu entendo quem diga que Mahoutsukai tenha a mesma linha e até sou capaz de mudar a minha opinião sobre a série, mas eu preciso de argumentos válidos.

Sim, já começamos no erro de que alguém foi COMPRADO e não acho que isso deva ser romantizado, só que uma das coisas que me fez continuar com o anime foi ver que a relação entre eles aparentemente não é abusiva e ela não se tornou uma escrava.
Que bom que ele admite que é estranho. Um ponto a mais para o nosso Tio Mago odiado por todos.
Ainda que ela tenha que ir para essas missões e usar sua magia, não há abuso verbal, psicológico ou físico entre o mago e ela.

Eu poderia ficar horas dissertando sobre a linha tênue que Mahoutsukai no Yome deixa até o momento na história, mas a partir daí nós teríamos um embate de opiniões que poderia passar do saudável para o nocivo.

Cada um tem suas próprias experiências e acaba as usando para formar uma opinião e manter um argumento. Com algumas exceções não existe o certo e o errado, principalmente se estivermos falando de pessoas mais abrangentes e menos extremistas.

A conversa que o Tio Mago tem com a Chise quando ela está exausta depois da purificação é bastante interessante. A gente acaba aceitando, ou descobrindo, que na verdade ele é uma entidade.

Bom, se não é fada, não é espírito e muito menos humano, o melhor nome para dar no momento é "entidade".

Em todos esses anos que viveu, ele consegue compreender os pensamentos dos humanos, as emoções e outros detalhes intrínsecos da humanidade, só que não consegue ter empatia, não consegue sentir.

Por acaso cheguei a comentar algo parecido em algum dos posts anteriores.

E a partir daqui já vemos uma boa melhora na relação dos dois, principalmente quando Oberon atormenta a dupla desgraçadamente com perguntas constrangedoras.

Primeiro ele surge todo pimpão quando ela acorda e... A MENINA SOLTA A MÃO QUE ELE PEGOU E CORRE PARA O TIO MAGO.

E daí que foi ele que ajudou a menina a despertar depois de DUAS SEMANAS se recuperando do tanto de magia que gastou?

Depois me vem com papo de quantos filhos têm, quando é que vai rolar, que os dois são casados e que o provável filho de Chise será um grande mago.

Oberon é essa criatura irritante que aparece em toda festa de final de ano. É o famoso tio ou tia que pergunta "e os namoradinhos/as namoradinhas", sabe?

Rainha Titania merecia algo melhor.
A cereja do bolo é quando ela diz que ele não tem escrúpulos e por aí vai nos xingamentos. AMO MUITO ESSA MULHER!

Voltando à relação Tio Mago-Dona Chise...
Os dois meio que dão uma afastadinha, ou melhor, interrompem o contato físico depois das asneiras ditas pelo Rei das Fadas.
Nem criaturas da mitologia céltica querem se envolver conosco, filhos de pecadores. Vish...
Se toda santa cena nesse estilo eu precisar analisar ou explicar, a gente não sai nunca mais deste post. E eu tenho um cronograma para cumprir.

Sem falar que repetir toda vez a mesma coisa vai tornar o texto menos interessante.

Últimas considerações...

Ninguém gosta do Tio Mago e parece que o Renfred curte muito tretar com ele.

Aparentemente a Chise tem só mais três anos de vida se nada for feito.
Lembra da explicação da senkaroku no episódio anterior? Então... A sleibegui (chora menos, leitor, berra mais), na minha concepção, parece uma fruta e obedece esse ciclo.

Ao que tudo indica o invólucro humano não aguenta tanta geração de poder e por isso perece mais facilmente.

Ah é, o padre Simon voltou...
FOI LINDO QUANDO A RAINHA TITANIA O MANDOU PARA O MEIO DA FLORESTA do tipo "CAI FORA QUE VOCÊ ESTÁ SOBRANDO".

Pobre padre Simon. haha
Mais sorte da próxima.

E AGORA PRECISO FALAR DOS DUBLADORES!
Sem or, este post ficará imenso. Espero que não dê problemas.  

Oberon, como já foi adiantado, é dublado por Kappei Yamaguchi.
Ele fez vários papéis, mas eu vou destacar apenas os que analisei os animes, porque... merchan.

Yamaguchi já emprestou sua voz para Sabato Rokudou de Kyoukai no Rinne e Kaito Kuroba de Magic Kaito 1412. Quem sabe ano que vem não role post de dublador para ele com seus principais papéis?

Titania é dublada por Sayaka Ohara, que já emprestou sua voz para: Erza Scarlet de Fairy Tail, Yuuko Ichihara de xxxHolic (CLAMP), Ridget de Suisei no Gargantia, Mari Kurihara de Prison School, entre outras.

E Spriggan, o gnomo de pedra, é dublado por Hiroki Yasumoto.


Mahoutsukai no Yome
7º episódio
Elias acha que está cuidando de um cachorro, né? QUEM SABE EM BREVE ELE NÃO GANHE UM?
Opinião: E depois de um episódio de transição mais tranquilo, o coração do espectador não será poupado.

Acabei esquecendo de incluir aí em cima um detalhe e como a análise do sexto episódio já está bem longa vou aproveitar o espaço aqui.

Concordo com o Troca Equivalente quando ele diz que a aparição dessas criaturas mágicas parece jogado e sem muito propósito. São essas minúcias que contradizem o trabalho tão bem feito da animação.

A história tem um grande potencial, mas parece ser mais medíocre do que gostaríamos de acreditar. Não é um plot bem acabado e o desenvolvimento é truncado, o que é uma pena.

O título deste episódio é: "Fale do diabo, e ele certamente aparecerá".

Assim como Chise não conhece praticamente nada sobre o Tio Mago, a gente acaba descobrindo que ele fez uma merdona daquelas há provavelmente dez anos e desde então padre Simon está de olho no mago.

Isso que o gnomo de pedra e Oberon comentaram anteriormente que Elias foi culpado pela perda de vários espíritos e fadas. E a criaturinha desaforada ainda diz que quem possui "casca" de carne-e-osso só traz calamidade.

Sem esquecer que a rainha Titania disse que o Simon tinha cheiro daqueles que transformaram a fruta do Éden em fruta da corrupção, provavelmente falando sobre Adão e Eva, expulsos do Paraíso depois de serem seduzidos pela serpente para comer a maçã.

É o tipo de comentário estranho quando as criaturas que vemos são do mundo das fadas e referentes a mitologia da Grã-Bretanha/celta. Citar algo pprio da crença católica/cristã não encaixou aqui.

E esse é o tipo de coisa que vai transformando Mahoutsukai num anime bonito visualmente, mas com conteúdo questionável.

"Ainn mas eu me divirto muito assistindo" - Leitor, você não tem um blog e não precisa fazer análise. Se for para elogiar tudo e ignorar o que é preciso ser comentado, eu não teria criado o Kimono Amarelo.

E se você pouco se importa com esse tipo de detalhe criticado nos textos, me pergunto o que ainda está fazendo aqui. Se é para perder o seu tempo, perca com algo que valha mais à pena.
Vai saber se a irmã desse moço não era uma SLEIBEGUI também, né? Vocês devem morrer com essa grafia toda vez que batem o olho nela, né? Desculpa.
Sobre este episódio, Chise começou a aprender mais sobre a magia, seus usos práticos, teorias e materiais. O problema é que ela precisa aprender a controlar a quantidade de magia que usa, já que uma simples poção para evitar pesadelos, em suas mãos, pode se tornar um sonífero potente.

Para ajudar nessa questão, Elias pede a Angelica que faça um anel para Chise usar. O item diminui a quantidade de magia produzida, mas também depende do próprio autocontrole da menina.

Se ela se exaltar o poder fluirá da mesma forma que acontece com o seu corpo, independente de estar usando o anel ou não.

E gostaria de aproveitar para fazer duas reclamações sobre as legendas da Crunchy.

A primeira é sobre como boa parte delas soou confusa principalmente neste episódio e deixou a compreensão de parte da história mais complicada, principalmente nessa parte do anel.

E falando no anel...
No bilhete deixado por Angelica, podemos ler "indicador direito" (right index finger) e no P.S. "anelar esquerdo" (left ringer finger). Para quem não sabe, normalmente quem usa um anel no dedo anelar esquerdo é porque está casado.

Angelica brinca que ainda não é o momento para ela colocar o anel nesse dedo.

O problema surge quando a Crunchy traduz o "anelar esquerdo" como "INDICADOR esquerdo". E antes que alguém tenha a cara de pau de dizer que em japonês foi dito outra coisa...

Quando a personagem fala do indicador direito, o que escutamos é "hito sashi (yubi) migi". Enquanto o dedo citado no P.S. é o "kusuri (yubi) hidari", ou seja, o ANELAR ESQUERDO.

Pessoal que faz a revisão precisa estar mais atento.

Sobre a relação do Tio Mago com a Igreja...
Dez anos atrás, pelo que parece, ele fez a tal merdona e daí Simon foi colocado para ficar de olho nele. Assim, todos os problemas não-humanos que a Igreja tem, o padre repassa ao nosso querido mago e assim a instituição e ele convivem "bem".

Essa terceira e última missão acaba sendo numa igreja da região. A dupla dinâmica precisa descobrir se o Black Dog que apareceu por lá é hostil.

Essa criatura é conhecida por rondar cemitérios próximos a igrejas e proteger os dois locais. Normalmente são "dóceis", mas só se você não fizer nada.

Quando os dois chegam lá descobrem que alguém foi atacado e morto, o que transformaria a missão num problema um pouco mais complexo.

Enquanto Elias dá uma de Fred de Scooby-Doo (Hanna-Barbera), resolvendo tomar caminhos separados de sua aprendiz, ele tem A PACHORRA DE DIZER PARA ELA NÃO SE COLOCAR EM PERIGO.

Meu senhor, TEM UM CADÁVER na frente dessa igreja e você quer mesmo LARGAR A MENINA POR AÍ? Logo vê-se que não manja muito de cuidar de humanos. Quer um manual? 
A melhor parte com certeza é quando o moço-cachorro quase imita aquele meme do menino que não entende o Márcio Canuto e diz que não é cachorro não.
E a partir daí é "modo sobrevivência" para a nossa pobre ruiva.
Porque a menina acaba partindo dali para um cemitério e encontra um espírito ruim. Se ela responder as perguntas da criatura, FODEU.

Quem acaba a salvando é um rapaz que estava na frente do túmulo de sua irmã mais nova. Bom, foi o que ele disse, né? Ainda que nas imagens de flashback possamos ver UM CACHORRO NORMAL que fala.

Opa, já não é tão normal.

E o mais doido disso é que ele se considera humano e a Chise já tinha sentido que "aquela pessoa não era uma pessoa".

E para arrematar, posteriormente Elias nos conta que o rapaz de cabelos pretos e ondulados despertou como "Black Dog" há pouco tempo.

Nesse meio tempo Dona Chise descobre que o moço-barra-cachorro está ferido e pensa em cuidar dele, já que sua vida foi salva POR ELE... PORQUE O TIO MAGO ACHOU UMA BOA IDEIA LARGAR A SLEIBEGUI SOZINHA!

E daí aparece Alice, a moça do capuz rosa, querendo levar o cachorro e...

Chise taca a poção "DORME AÍ, MOÇA" para não ter que lidar com grandes tretas.

Ficamos sabendo por ela que O BRAÇO DO RENFRED foi tomado por uma criança de sorriso estranho, que ela não consegue identificar, pois vê várias coisas juntas e embaçado.

Essa tal criança procurou pelo Feiticeiro Hater para conseguir ingredientes e criar quimeras. Daí você junta as informações e...

Ele usou a esposa do Matthew como cobaia para fazer uma quimera a base de gatos e... DEU RUIM.

Agora ele quer o Black Dog para continuar esse projeto insano.

Se você assistiu Fullmetal Alchemist (Hiromu Awakara) ou leu o mangá, vai reconhecer a alma do Shou Tucker aqui. Agora se você não conhece, continuo recomendando FMA.

A Crunchy tem os 64 episódios da série Fullmetal Alchemist: Brotherhood legendada para não-assinantes e a dublada em inglês para assinantes. Vale à pena acompanhar ESSA SÉRIE, pois ela adapta de forma mais fiel o mangá.

O primeiro anime, só Fullmetal Alchemist, adaptou direitinho até certa parte. Depois disso eles alcançaram o mangá e precisaram criar uma história à parte.

Particularmente? Não é interessante. Vai no Brotherhood direto.

E FALANDO NO DIABO...
Você viu como o título do episódio ORNOU DIREITINHO quando dá para usar parte dele na análise.
O moço não quer ser chamado de "coisa" e nem de "cachorro". QUE TAL DE "MOÇO"?
E como o nosso Feiticeiro Hater não conseguiu a corrupção para o Verminho, ele ameaçou a vida da aprendiz dele e por isso a menina decidiu ir por conta própria encontrar o Black Dog.

Além disso, a moça confessou que gosta/ama seu mestre e que não quer que nada de mal aconteça com ele novamente.

Ao que parece, ela e Chise compartilham uma vida difícil desde o nascimento e um talento que chama atenção desse pessoal que manja das magias.

E com isso temos a menina ruiva pensando sobre qual é sua relação com o Tio Mago.

No meio dessa conversa, o Verminho aparece e acaba acertando Chise no lugar de Alice, o que desperta a ira de Elias.

É sobre isso que tanto o Renfred quanto o Oberon falavam, da falsa gentileza do Tio Mago. Que na verdade ele é um "monstro descontrolado", que tenta manter um ar humano. E ali ele se revela.

Os dubladores destacados neste episódio são:

Yuris/Ruth, o Cachorro Preto de Olhos Vermelhos, dublado pelo Kouki Uchiyama.

Isabel, a irmã de Yuris/Ruth que é muito parecida com a Chise, é dublada pela mesma mulher que empresta a voz... PARA A CHISE! A dubladora Atsumi Tanezaki.

Esses episódios foram assistidos na Crunchyroll.

Nos vemos no próximo episódio de Mahoutsukai no Yome!

Por Kimono Vermelho aquela que espera não estar doente esta semana também - 11/12/2017

2 comentários:

  1. Escritora ao dispor para mais uma análise de "Mahoutsukai no Yome".

    Começando com as suspeitas da voz do Oberon e ainda bem que era o dublador que pensava ser, chequei também no MAL; concordo que as aparições de criaturas e seres mágicos tem sido bem forçada, dava pra trabalhar com mais esmero - vide "Mahoujin Guru Guru" quando a Kukuri aprende uma nova magia, ela é explicada com uma descrição de nome, propriedades e até mesmo o nível para uso, ajuda que a série tenha vibe dos RPG's - pena que aqui nem uma descrição legendada temos, só podemos deduzir com o que nos é jogado na tela, fazer o quê...

    Sexto episódio foi de calmaria e a certeza de que Chise gosta do Elias, o pessoal falou muito do decote da Titania e não tem como não dizer que exageraram nele. O sétimo já nos coloca com um Black Dog ainda tentando entender se é uma criatura mágica ou um cachorro, curti o jeitinho dele e choque de saber que sua antiga dona fora ser um reflexo da Chise é feita pela dubladora da mesma, só mudando o tom de voz. Não é incomum em dublagens,mas, é interessante este recurso quando usado.
    Como já deixei claro, agora sim, do quinto episódio em diante, o anime tem mostrado a que veio,mas, fica um gostinho de que poderia ter sido melhor; minhas birras por animes hypados continuam firmes e fortes, ao menos, tenho visto seis semanais desta temporada de outubro, porque a mesma do ano passado, vou fingir que não teve.

    Até mais!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Escritora Conan!
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir

Não é permitido aqui (ou seja, os comentários serão excluídos):
-Falta de respeito;
-Marketing (comentário genérico e marketing do seu blog);
-Ameaças (principalmente se incluir Cthulu);
-Links externos;
-E encheção de saco (aqui não é sua casa).

TENHA BOM SENSO!!!
É contrário a opinião do post ou de um comentarista, use argumentos e não bombas caseiras de recalque mais indiretas de cunho duvidoso.

P.S.: Eu costumo responder de forma humorada os comentários, então não ache que cada apontada de dedo é diretamente para o seu umbigo.

Obrigada e faça uma boa viagem na seção de comentários! o/